SaporeDiVino

Vinho rosé combina com o quê? Dicas de pratos e ocasiões

vinho rosé

Por muito tempo os vinhos rosés ou rosados, como você preferir chamar, foram ofuscados pelos grandes vinhos tintos e pelos famosos vinhos brancos.

A cada dia que passa eles estão conquistando mais adeptos por conta de seus sabores delicados que podem ser mais ou menos frutados, e principalmente porque o vinho rosé combina com muitos tipos de comidas.

Talvez nos últimos dez anos, um pouco mais ou um pouco menos, foi necessário mudar de ideia em relação a essa tipologia de vinho, graças a qualidade dos produtos que são colocados no mercado e do sucesso que muitos alcançaram.

rosé combina com

Por que esses vinhos possuem várias tonalidades de rosa?

Existem algumas formas de se produzir um vinho rosado as mais conhecidas são:

Misturar vinhos brancos com vinhos tintos

Alguns vinicultores produzem vinhos brancos e tintos e depois misturam para dar a tonalidade rosa desejada, essa técnica se chama Blend ou Assemblage.

Aqui na Itália essa prática na produção de vinhos rosés é proibida, e os produtores utilizam a técnica descrita abaixo.

Mosto em Contato com as Cascas da Uva

Essa técnica de vinificação é feita de forma que o suco das uvas depois de espremidas fiquem em contato com as cascas das uvas.

O período pode variar de poucas a horas até dois dias, e é exatamente o tempo escolhido pelo enólogo que vai determinar a cor do vinho.

Quanto maior o contato, a tonalidade de rosa será mais forte. Lembrando também que vai depender da variedade da uva escolhida.

É verdade que o nascimento desta categoria de vinho, provavelmente, vem da vinificação das uvas tintas a partir de características de intensidade e persistência muito forte, mas também é verdade que alguns tipos de uvas foram capazes de dar melhores resultados vinificadas na forma de vinhos rosado que em comparação com formas tradicionais.

Atualmente temos vinhos rosés que são produzidos a partir de uvas como Merlot, Cabernet Sauvignon, Syrah, Sangiovese, Grenache, Cinsault, Mourvedré, Negroamaro, etc…  até mesmo em regiões que são conhecidas e famosas pela produção de seus grandes vinhos tintos.

vinho rose acompanha

Harmonizando pratos com vinho rosé

O vinho rosé combina com uma grande variedade de pratos. Considero essa tipologia de vinho como se fosse um coringa, pois dependendo do corpo do vinho ele vai cair bem desde pratos de massas, passando por pratos a base de carnes brancas, como peixe e frango até mesmo com carnes vermelhas. Se quiser mais dicas de harmonização clique aqui!

Vinho rosé combina com massas

Essa tipologia de vinho possui uma agradável acidez e se harmonizam bem com pratos de massa com molho de tomates, massas recheadas, pratos de massas com creme de leite e funghi, e uma combinação que surpreende muito é com a famosa pizza!

Se a pizza escolhida tiver um teor mais alto de gordura, experimente harmonizar com um vinho espumante rosé.

Vinho rosé combina com carnes brancas

Pratos a base de peixes e crustáceos, como sopas, peixe ao forno com legumes, peixes ao molho de camarão, salada de frutos do mar e etc. Combina também com um bom frango assado com batatas ou então um salpicão de frango.

Vinho rosé combina com carnes vermelhas

Mas esse tal de vinho rosé combina com tudo hein? Como eu disse antes considero os vinhos rosados um vinho coringa e dependendo do preparo do prato e do corpo do vinho, combinam sim com carnes vermelhas.

Por possuir uma baixa quantidade de taninos, e mais estrutura que os vinhos brancos, podemos harmonizar vinhos rosé com pratos de carne vermelha, como por exemplo, filés grelhados, carne assada com batatas, picadinho de carne, etc.

Uma combinação que eu gosto muito, e aconselho para aqueles que gostam de feijoada, é harmonizar esse delicioso prato com um vinho rosé espumante. Experimente e depois me conte o que você achou!

vinho rose combina com

Em que ocasião degustar um vinho rosé?

Os vinhos rosé combinam com o verão! São vinhos refrescantes que devem ser servidos normalmente a uma temperatura inferior a 10°C, e preferencialmente deixados no balde de gelo para não esquentarem.

As melhores ocasiões para degustar um vinho rosé são:

Beira-mar ou a beira de uma piscina:

Os vinhoso rosé são adequados para beber a beira-mar ou a beira da piscina por serem vinhos leves, frescos e que ajudam a refrescar os momentos de calor.

Happy Hour

Num barzinho, um papo interessante com amigos, beliscando petiscos e lembre-se, deixe sempre o vinho no balde de gelo.

Piquenique no Parque

Que tal um piquenique no parque com a família ou com amigos? Você pode se preparar levando canapés, queijos, salaminhos, pães e patês.

Jantar Romântico

O clima de um jantar a dois é mais requintado, nesse caso indico um espumante rosé, preferencialmente produzido com o método Clássico ou Tradicional. Por ser um vinho mais estruturado vai necessitar de um belo prato. E para harmonizar que tal um risoto?

Gostou das dicas e de aprender como o que você pode combinar seus vinhos rosé?

Aproveito então para te fazer uma pergunta: seus conhecimentos enófilos estão no patamar que você gostaria?

Pergunto isso porque muitas pessoas me procuram dizendo que gostariam de desfrutar dos maiores prazeres da sua taça, que tem certa dificuldade para escolher o vinho e que gostariam de aprender a harmonizar vinho e comida – além, é claro, da própria relação entre o quanto gostariam de saber sobre vinhos e o quanto se dedicariam para isso.

Então se você acha que deveria (ou gostaria de) saber mais sobre vinhos do que realmente sabe, tenho uma dica para você: baixe meu eBook gratuito com 6 Dicas para se Tornar um Expert em Vinhos. 

8 comentários sobre “Vinho rosé combina com o quê? Dicas de pratos e ocasiões

    1. Iaponira Diniz Autor da Postagem

      Oi Carlos Eduardo,
      Uma das coisas importantes é experimentar.
      Vou te confessar que quando eu comecei a gostar de vinhos só bebia tinto Cabernet Sauvignon. 🙂
      Então se posso te dar um conselho: experimente todos os tipos de vinho e tenho certeza que você vai se surpreender.
      Grande abraço,
      Iaponira Diniz

  1. JANETE MATIAS

    Que aula maravilhosa !!! Obrigada !
    Neste verâo (aqui no Brasil!), enchi minha adega de vinhos rosés e de espumantes, também rosés. Escolhi vinícolas nacionais, francesas e italianas.
    Todavia, descobri, ao degustálos, que a temperatura não poderia ser muito baixa, pois à medida em que iam esquentando, liberavam maravilhosos aromas e sabores … lógico, que ainda fresquinhos. Quando estavam muito gelados, não conversavam comigo rsrsss…
    Estou errada?

    1. Iaponira Diniz Autor da Postagem

      Oi Janete,
      Eu particularmente sou muito fã dos vinho rosés.
      Dependendo se é um espumante ou vinho tranquilo eles devem ser servidos entre 6°c e 12°C.
      A verdade é que quanto mais gelado, menos sentimos os aromas, e você esta correta de ter observado que conforme eles esquentam vão se sentindo melhor seus odores.
      Beijinhos,
      Iaponira Diniz

    1. Iaponira Diniz Autor da Postagem

      Olá Maria Claudia,
      Eu também sou muito fã e utilizo muito nas minhas harmonizações. 🙂
      Obrigada pelo comentário.
      Abraços,
      Iaponira Diniz

  2. Célia Regina Loureiro Pragana

    Gostei muito das dicas de pratos e ocasiões, para combinar com vinho rosé. Não tenho muito conhecimento de vinhos, mas como tive avós e bisavós portugueses, italianos e espanhóis, adoro vinhos ,é minha bebida preferida. Gosto muito de vinhos brancos e tintos. Não tinha provado o rosé até que conheci uma senhora amiga, que tinha feito curso de sommelier e quando nos reuníamos na casa dela, sempre tinha novidades. Foi quando provei um vinho rosé francês e gostei. Obrigada, estou aprendendo muito com você. Beijos.

    1. Iaponira Diniz Autor da Postagem

      Oi Célia,
      Temos algo em comum… a minha bebida preferida também é o vinho! 🙂 🙂
      Muito obrigada pelo comentário.
      Abraços,
      Iaponira Diniz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *