SaporeDiVino

Tipos de Vinho Tinto: Conheça as suas Características

vinho tinto

Existe uma grande variedade de tipos de vinho tinto: a verdade é que eles são por excelência aqueles que sabem envelhecer melhor, que se desenvolvem atingindo uma maturidade esplêndida, mesmo depois de vinte anos envelhecendo.

Sabemos que os tipos de vinho tinto são os preferidos pelos brasileiros, mas infelizmente existe uma tendência a generalizar.

Imagine que os vinhos tintos são produzidos em diversos países do mundo, e se utilizam uma infinidade de variedades de uvas.

Além do clima, do terreno e das uvas selecionadas, uma coisa determinante é a escolha da técnica de produção pelo enólogo/produtor.

Temos assim uma variedade de estilos, de cores e de gostos que são praticamente infinitos e que nós como enófilos, devemos explorar, conhecer e saber escolher.

tipos de vinho tinto

Vinhos Tintos: Variedades

Tudo começa com um vinho jovem fresco frutado (conhecido aqui na Itália como “Novelo” e os franceses se utilizam da denominação “Beajoulais Noveau”), com aromas de frutas silvestres e flores, até os grandes tintos de última geração, onde a invenção e a imaginação de enólogos e produtores realizam verdadeiras joias.

Atualmente não é difícil encontrar vinhos tintos com graduação alcoólica às vezes até mesmo superior a 15%, tão poderosos, ricos de aromas e sabores que envelhecem em barris de carvalho francês, vinhos de altíssima qualidade onde a palavra de ordem é concentração.

Em meio a esses extremos encontramos de tudo. De vinhos tintos jovens frescos fáceis de beber, passando pelos tintos de médio corpo obtidos das variedades de uvas tradicionais e os grandes tintos com estrutura adaptada ao envelhecimento.

Tipos de vinho tinto produzidos em zonas clássicas que se utilizam de vinhas internacionais como a Cabernet Sauvignon, Merlot, Syrah e tantas outras uvas que se adaptam as zonas climáticas e terrenos muitas das vezes com características diversas, mas que de certa forma adquirem sua própria personalidade mantendo suas características de base.

vinho tinto

Tipos de Vinho Tinto: Principais Características

Cores do vinho tinto

Como já sabemos observar as cores nos fornece uma série de indicações sobre o vinho. Sua tipologia e, sobretudo o seu estado evolutivo.

Um vinho de cor rubi não muito intenso é um indício que podemos estar na presença de um bom Pinot Noir, um vinho que não é muito rico de cor.

Os reflexos violáceos que observamos ao fazer a nossa análise visual nos diz que é um tinto muito jovem, uma cor púrpura também pode significar um vinho jovem.

As variações de rubi até o vermelho com reflexos alaranjados um vinho maduro, se observamos uma cor vermelho granada já com uma tendência marrom se trata de um vinho envelhecido.

Consistência

Existe uma técnica que faz com que a gente possa observar as lágrimas do vinho que são também conhecidas como arcos que se formam nas paredes da taça, e a partir delas podemos ter uma ideia da densidade e do teor alcoólico de um vinho.

Arcos largos com lágrimas que descem rapidamente são sinônimos de um vinho pouco concentrado, e não muito alcoólico, ao contrário, arcos estreitos e lágrimas que escorrem lentamente indicam uma maior graduação alcoólica.

Identificando a consistência e a cor que são duas fases da análise visual, podemos ter uma boa indicação do tipo de vinho que vamos beber.

Perfumes e Aromas

A análise olfativa deve confirmar as primeiras suposições levantadas na análise visual, através daquilo que identificamos, e acrescentar ainda mais informações que iremos confirmar quando levarmos o nosso vinho a boca.

Perfumes intensos com finais de frutas vermelhas como groselha e framboesas são indicativos de um Cabernet Franc.

Notas de corte de feno, frutas negras, grafite e às vezes notas de pimentão indicam um Cabernet Sauvignon.

Um vinho tinto jovem do tipo Nebbiolo tem notas florais de violetas além de frutado, um bom Sangiovese estilo Chianti Classico desde jovem já sentimos aromas da sua fermentação com notas de frutas vermelhas, em especial a cereja e assim vai…

São informações preciosas que pouco a pouco vão sendo memorizadas e enriquecendo o banco de dados pessoal, e que representa um dos instrumentos que nos permite avaliar a qualidade e o estado evolutivo de um vinho.

Sem falar que podemos identificar através dos aromas, a sua variedade de uva, a sua proveniência, se o vinho envelheceu em madeira nova ou não.

Por isso a importância de conhecer a metodologia internacional da degustação, experimentar, e então alimentar sempre nosso banco de dados pessoal.

Principais Tipos de Uva

Você sabia que o que dá a cor ao vinho é a casca da uva? Como falei no post sobre Vinhos Brancos, podemos ter vinhos brancos de uvas tintas, mas no caso dos vinhos tintos é imprescindível que sejam utilizadas variedades tintas, já que é o contato com a casca é que dá a cor do vinho.

Aproveita para fazer uma relação das uvas tintas mais utilizadas na produção dos vinhos tintos:

 Aglianico

 Barbera

 Cabernet Franc

 Cabernet Sauvignon

 Carmenere

 Gamay

 Grenache (Garnacha ou Cannonau)

 Merlot

 Nebbiolo

 Pinot Noir

 Primitivo (Zinfandel)

 Sangiovese

 Syrah (Shiraz)

 Tempranillo

Tipos de vinho tinto

Algumas características dos tipos de vinho tinto são dadas exatamente pela uva que lhe deu origem, por isso é importante conhecer as características das variedades das uvas que ajudam na hora que vamos degustar um vinho.

Mas não é só isso que influencia a degustação de um vinho. Precisamos conhecer o serviço do vinho (temperatura ideal, como e quando decantar, como armazenar o vinho, saber escolher a taça) e também estudar a metodologia internacional da degustação.

Aproveito então para te fazer uma pergunta: seus conhecimentos enófilos estão no patamar que você gostaria?

Pergunto isso porque muitas pessoas me procuram dizendo que gostariam de desfrutar dos maiores prazeres da sua taça, que tem certa dificuldade para escolher o vinho e que gostariam de aprender a harmonizar vinho e comida – além, é claro, da própria relação entre o quanto gostariam de saber sobre vinhos e o quanto se dedicariam para isso.

Então se você acha que deveria (ou gostaria de) saber mais sobre vinhos do que realmente sabe, tenho uma dica para você: baixe meu eBook gratuito com 6 Dicas para se Tornar um Expert em Vinhos.

2 comentários sobre “Tipos de Vinho Tinto: Conheça as suas Características

    1. Iaponira Diniz Autor da Postagem

      Oi Telly,
      Vou te dar uma dica: aproveite também para conhecer os vinhos brancos, espumantes e os vinhos doces de sobremesas.
      Também gosto muito de vinho tinto, mas me surpreendi quando tive oportunidade de conhecer e experimentar outras tipologias.

      Grande abraço,
      Iaponira Diniz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *